domingo, 11 de novembro de 2012

A PARTIR DE 01 DE DEZEMBRO DE 2012 , O OBSERVATÓRIO SAGITÁRIO PASSA A ABRIR SESSÕES AO PÚBLICO INTERESSADO EM OBSERVAÇÕES ASTRONÔMICAS - VENHA VER O CÉU !
AGENDE A SUA VISITA PELO N° (14) 9695-0947 ou (14) 8181-5943
ISSO É NECESSÁRIO PELAS CONDIÇÕES DE TER CÉU ABERTO E NÚMERO LIMITE DE PÚBLICO , (cinco pessoas por sessão).

Instrumento principal - Telescópio  SCT Meade de 10" - LX - 50  com câmera
Instrumentos auxiliares - Luneta de 50 mm , Binóculos  16 x 70 e 10 x 50.
Observatório do Sagitário - Botucatu -SP .






 Outra imagem de Urano , essa com a webcam e a partir de vídeo ,  em 04/11/12 -  SCT de 10 " .




Júpiter pela webcam(genérica)  com o SCT e video tratado no Registax , em 10/10/2012




 Mais informações sobre telescópios , úteis a quem pretende comprar um ...

-->
Algumas fórmulas úteis para Telescópios



Ampliação = Distância focal da objetiva / Distancia focal da ocular

Ampliação Máxima útil = de 2 a 2.5 X o diâmetro da objetiva em mm
Exemplo :

Uma luneta de 60 mm : 2.5 X 60 = 150 X (Máximo )

Poder de resolução = 120 / D , onde D = diâmetro da objetiva em mm .

Exemplo :
Luneta de 60 mm : 120/60 = 2 “ ( 2 segundos de arco )

Obs: 1” ( Um segundo de arco ) equivale a 1 grau dividido por 3600 pois ,

1 grau = 60 ‘ ( 60 minutos de arco )
1 minuto de arco = 60 “ ( 60 segundos de arco )

O poder de resolução indica qual o efetivo poder de um telescópio em separar dois pontos próximos entre si .


Porém este poder de resolução só é efetivamente aproveitado em
condições especiais da atmosfera terrestre.
Geralmente nossa atmosfera limita mais ainda a resolução optica dos telescópios , devido a turbulência atmosférica.
Por isso os grandes observatórios são instalados em locais especiais, alem de grande altitude.
Para o amador basta saber que seu telescópio estará sempre limitado as condições ambientais da atmosfera, e que por isso deverá utilizar o seu instrumento usando um aumento adequado para cada situação , não devendo “forçar “ este além de certos limites .
Nas condições normais, o aumento máximo fica entre 200 X a 400 X , podendo ocorrer condições onde deverá usar ampliação ainda menor. Claro que para isso o telescópio deverá obedecer antes a nossa fórmula aproximada já fornecida.
Assim a propaganda de lunetas com ampliação exagerada deve ser ignorada , pois foge das leis basicas da optica, e não leva em conta o efeito da atmosfera.
È melhor uma imagem nítida e luminosa do que uma imagem sem definição e escura. Grandes aumentos são também mais usados com os planetas e Lua , para objetos deepskie , tipo nebulosas , aglomerados de estrelas e galaxias usamos quase sempre aumentos até 100 X . Nesse caso novamente a abertura ou diâmetro da objetiva é o mais importante, além é lógico da qualidade do instrumento.
Esperamos ter dado informações que ajudem o iniciante nessa fascinante busca pelo céu e para ajudar a escolher um telescópio útil para seu proposito.

Obrigado !

Antonio Martini Junior <btamjr@yahoo.com.br>
Video de Saturno , feito com uma cibershot e meu SCT de 10 ", em 17/07/12





video




A partir desse vídeo foi produzida essa  imagem de Saturno usando o Registax ,  em 17/07/12 .  Pode-se ver a divisão de Cassini do anel e uma banda escura no planeta .





Espero que tenham gostado , logo teremos novos posts ...































sexta-feira, 7 de setembro de 2012

ISS

Hoje dia 07/09/12 eu consegui ver a Estação espacial daqui de Botucatu no meu observatório atraves do telescópio de 10"  . Não é a primeira vez claro, mas consegui acompanhar bem a ISS , com uma ocular de 32 mm e com 80 x de ampliação . Isto permitiu visualizar as estruturas da estação como nunca antes tive sucesso , foi maravilhoso . Ver os paineis solares presos ao eixo central e ainda brilhando fortemente em cor laranja , devido ao Sol estar iluminando a estação  com um tipo de por-do-sol para seus ocupantes .
Nunca esquecerei tal visão , espero conseguir gravar isso em breve .

Júpiter em 05/09/12 - SCT 10 "

domingo, 26 de agosto de 2012

O planeta Urano, a primeira imagem que consegui deste distante planeta , com os recursos que tenho . Tem uma tonalidade cinza-azulado , mas apresenta um disco pequeno no telescópio . Em 22/08/2012 .

Uma região interessante da Lua , onde aparecem o  Muro reto e as  crateras Birt e Thebit, além de uma falha ou fenda lunar . Afocal em 25/08/2012

Júpiter em 22/08/2012 - Metódo afocal com video em camera Sony e tratamento no registax .

quarta-feira, 4 de julho de 2012

 Marte em 03/07/2012 , para nos despedirmos do planeta misterioso , que agora se afasta da Terra ...
Podemos observar seu aspecto giboso (leve fase do planeta) , algumas manchas ainda são visíveis , além da calota norte . Um filtro foi usado e houve pequeno tratamento  de imagem. Ampliação de 300 X -  método afocal
Minha pequena homenagem ao grande Jean Nicolini, estudioso deste planeta e mestre de quase todos os astrônomos amadores brasileiros .


Mais uma imagem de Mercúrio em 04/07/2012 :  Finalmente consegui localizar o planeta durante o dia usando o Sol como referência para as coordenadas celestes .
Isto foi as 16:15 hs local ou 19:15 hs UT. Pelo meu SCT de 10 pol e usando uma camera digital simples e um pouco de tratamento  . Método afocal como todas as outras imagens minhas de planetas .

domingo, 1 de abril de 2012

Ausência

Amigos , eu me ausentei por um certo tempo do Blog , sem postar nada . Estava com problemas no trabalho que me tomaram muito tempo , Retornei com novas imagens feitas no observatório , e agora espero retornar com mais novidades .
Estou a disposição de vcs .. Obrigado

Novas fotos do Observatorio do Sagitário

Seguem algumas imagens do novo observatorio o Sagitário II
Da Lua , regiâo central e da cratera Clavius
Do Sol região ativa AR 11429 -  em 06/03/2012




Saturno em 06/03/12 - Com 170 X 

Saturno com 300 X e filtro amarelo

quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

O Primeiro Telescópio

Muitos que desejam comprar o primeiro telescópio tem muitas dúvidas e acabam comprando por impulso ou por conselho do vendedor . O ideal é começar sempre com um instrumento pequeno , fácil de transportar e relativamente barato .


O motivo disso , é que quem compra um telescópio pela primeira vez não tem experiência com Astronomia ou com observação astronômica e nem conhece o céu . Assim se comprar algo caro e potente não vai conseguir usar e nem mesmo observar direito . Acabará com ele guardado na caixa por gerações.
Isto acontece muito , mesmo com os menores telescópios mas nesse caso é possível aprender a usar se houver esforço do interessado. Para que não aconteça algo assim aconselhamos que quem for comprar um destes e pretende usa-lo principalmente em observações do céu, busque aprender algo sobre o Astronomia e onde ficam os objetos interessantes e como localiza-los .
Um programa como o stelarium vai ajudar muito . Baixe ele do :
http://www.stellarium.org/pt/ 
Ajudará muito a conhecer o céu e como encontrar objetos .


Quanto ao modelo de telescópio para iniciantes, aconselho começar com um pequeno refrator ou luneta de 60 mm de abertura (é o tamanho da lente da frente a principal ). Um modelo interessante seria :
http://www.astroshop.com.br/produto.asp?CodProd=21041
ou 
http://www.astroshop.com.br/produto.asp?CodProd=21062  
  E  a empresa que vende é confiável , temos outras empresas boas , procure na net empresas de nome e que entendam de telescópios , não compre em shopping . Não terá manutenção ou explicações do uso .


Existem outros modelos interessantes para quem ta começando , dê uma olhada nas opções , mas não compre uma luneta maior que 70 mm , ou um refletor acima de 127 mm . Acima disso é para quem já tem experiẽncia , porque são dificeis de usar . Porque eu aconselho a comprar um refrator e não um refletor que geralmente oferece maior abertura (o tamanho do espelho ou lente) pelo mesmo preço ?


O motivo é que lunetas são mais fáceis de usar e são fáceis de apontar para os alvos . Isto facilita muito para quem esta começando . Além disso quem começa a observar sempre quer ver primeiro a lua e os planetas . Ora as lunetas são melhores para esse tipo de observação , principalmente em tamanho pequeno são vantajosas sobre pequenos refletores .


Ainda são mais duráveis e não necessitam de manutenção . Melhor ter uma em montagem azimutal , que é mais fácil de usar . Depois se descobrir que tem mesmo vocação para se tornar um amador , busca-se um instrumento maior , e ai sim melhor um refletor com montagem equatorial .


Claro que pode comprar uma luneta com montagem equatorial que é melhor para seguir os astros em seu movimento , mas vai precisar de alguém com experiência para ensinar a usar essa montagem . Ou aprender só , se tiver habilidade e estudar muito como funciona . Quanto ao pequeno refletor  ele é uma opção , mas garanto que é meio complicado se adaptar ao uso . Se olha de lado nele ou por cima , e isso para inicantes é bem estranho . Nunca esqueça de não se iludir com a propaganda de aumentos exagerados , já falamos disso nesse blog , escolha uma marca boa desses tamanhos que apresentamos e começe a aprender a observar , vai gostar com certeza.
Algumas marcas que recomendamos são : Meade , Celestron , Orion , GSO, Sky-watcher . A primeira quase impossível de encontrar no Brasil as demais podem ser achadas nos melhores fornecedores.
Na próxima postagem falaremos do que pode ser visto com um desses instrumentos de iniciante e que oculares deve usar .


Até ...